quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Casa com vida


Casa arrumada é assim:

Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.

Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.

Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas… Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: Aqui tem vida…

Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.

Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.Sofá sem mancha? Tapete sem fio puxado? Mesa sem marca de copo? Tá na cara que é casa sem festa.

E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança. Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.

Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante, passaporte e vela de aniversário, tudo junto…
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.

A que está sempre pronta pros amigos, filhos…
Netos, pros vizinhos… E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia.

Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente. Arrume a sua casa todos os dias…

Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela… E reconhecer nela o seu lugar.

( Carlos Drummond de Andrade )

28 comentários:

beth disse...

Penso assim tb!!Tem gente q gasta mó $$ p construir uma casa cheia de novehoras,daí ng pode entra na sala e pisa no tapete c calçado.Azuleja o banheiro de preto e tb colocam ali uma banheira,mais nao usam pq a agua de sabão mancha o azulejo preto e o 'óleo' natural do corpo suja a banheiro.Não tem animais pq fazem sujeira.aaafff... tenho amigos assim sabe?Em casa so andam descalços p não riscar o chão.Trocam de calçado qd chegam e do trabalho p tb não riscar o chão.Não tem nenhum bixinho pq dá trabalho.Não sei se vc assisti a novela insensato coração q tem o dono do bar q põe plástico no sofá,nas cadeiras? Então,esses amigos puseram um plástico num dos cantos do tapete pq sempre ficava sujo e era obrigado a lavar o tapete inteiro.E pior ainda... Construíram uma churraqueira xiqnoúrtimo, mais não usam pq faz sujeira e tb pq gasta mt carvão.AH FALA SÉRIO!!!Acho q eles não vivem,dormem e acordam pensando em mais uma maneira de não sujar, riscar ou sei lá o q... nossa... escrevi um livro huahuahuahua bjs

Deusa disse...

Tem mesmo...tem que ter cheiro de fritura,arroz queimado,tem que ter mãozinha de chocolate nas paredes...pia com louça...haaa...tanta frescura...casa tem que ter coisas por fazer,senão fica um quadro...sem vida...rsrsrsrs.
Porque será que em todos os momentos em que estou meio abalada,você e a primeira pessoa que alegra a minha alma...rsrsrsrs.
Vou logo te levar la para meu bloguinho...já...
Bjs
Deusa
vasinhos coloridos

Terê. disse...

É isso, apareça, bjinhos terê.

Meire disse...

Doce Cida, aqui em casa tem quase tudo o que diz no texto rsrsrs vela de aniversário do ano passado na gaveta kkkkk
Temos que cuidar de nossa casa, mas principalmente nos sentir bem nela sem a preocupação constante de ajeitar qualquer quadro que está torto :)

bjokitas com carinho meu!

Edna Lima disse...

É Lindo!
Hoje minha neta tem um jeito de especial de arrumar minha casa.
Tem a marca dela em tudo.
Um belo dia pra vc . bjs. Edna.

✿ chica disse...

Casas devem ter VIDA!!! Lindo!beijos,chica

Laura disse...

Quanta emoção e a partir de hoje vou gostar cada vez mais do querido Carlos Drumond de Andrade...

É assim que sinto uma casa, arrumada até a gente sentir que está bem mas não demais..detesto coisas fora do lugar mas com jeito a coisa vai...

Adoro saber que tudo vai sendo usado e não quero saber de casa museu, não fui criada assim, fui criada vendo amigos entrando e saindo, esperando a gente lá fora à noite para continuar brincando de esconde esconde, dos amigos enchendo os sofás e sentando no chão quando nem cabíamos todos...ah, é assim que vejo uma casa, tal e qual, só que a gente de agora se habituou a juntar nos cafés, quanta barbaridade a amizade sofreu.

Só não tive soalho riscado porque a dança aqui não acontece, só quando as amigas chegam e desatam a dançar ..isso é bom...

beijinhos da laura alegre com este post, é assim que sonho a minha casa do futuro, com passos de dança enchendo tudo quanto for chão... da cozinha em bagunça de ter tantos amigos por lá...

Eu lhe adoro minha querida cidinha, gostei de vc logo da primeira vez que nos encontramos nem sei onde.

da menina metrimeio

Jorge Pimenta disse...

querida amiga, na intermitência do meu regresso, impossível não passar por aqui, onde as palavras pulsam, os corações batem e os pulmões inspiram a vida.
é assim esta casa.
beijinho com saudades!

Maria Luiza disse...

Oi Cida
Eu concordo plenamente com tudo que está escrito, é só conferir a minha casa (da chácara) no blog quando comemorávamos o Dia dos Pais. Todos têm a obrigação de ficar à vontade!
Beijinhos e tudo de bom

Jan disse...

OI CIDA, MINHA CADA É LIMPA, CONFORTÁVEL E ARRUMADA...
PERGUNTA PROS MEUS CACHORROS:-)))))))))

ABRAÇÃO
JAN

AVOGI disse...

OBRIGADA amiga dali ds frente
eu vejo e revejo-me nesse artigo.
ainda bem que alguém diz as verdades aliás escreve a verdades. atao fazemos assim: casa suj fogao sujo teias d aranha pó pelo chão, nas mesas, na cabeça é sinal de gente morando dentro
óptimo amiga sinto-me como se me tirassem um peso dos ombros
kis .=)

Paloma disse...

CIDA, o maior sinal de vida, numa casa, são brinquedos espalhados pelo chão. Não sei porque, mas vejo um certo encanto nisso.

Cissa Romeu disse...

Cida, querida amiga!
Casa boa é aquela que a gente usa e guarda dentro do coração!
Como o próprio corpo, envolve nosso espírito!
Beijos, Cida (para a Bruna também!) e a espera do maninho? Quando vem mesmo? Início de setembro ou mais para o final?

beth disse...

q bom q gostou do livro Cida querida,e o melhor é q já está autografadoooo!!!!#forceiamizadeagora

cidinha disse...

Cida, amiga, adorei essa casa! Pois nela mora a felicidade.. Maravilha de poema. Bjo grande no seu coração! Lindo dia...

Edna Lima disse...

Pois é Cida, parabéns pelo novo neto! Mas voltei estudar, Pra quando Julia criar asas não ficar o vazio que os filhos deixaram! Bjs. Edna.

Meus trabalhos em Mosaico disse...

Cida amada !!! Que palavras mais lindas !!!!
Fiquei tão emocionada e alegre em saber que a minha casa é assim cheia de vida !!!
Gostei de mais do que li, vou passar por e-mail a todos meu amigos...
Muitos Beijos

www.schandramosaico.blogspot.com

Regina Coeli disse...

Olá minha Doce Amiga,

Tudo bem com você???
Eu já havia separado esse texto do Carlos D. para postagem, pois concordo com ele...
Passar por aqui é sempre muito agradável!!!
O coração se enche de luz e alegria!!
Agradeço por compartilhar suas riquezas!!
Beijinho doce cá das terras de Dona Beja,
Regina Coeli

Aninha Zocchio disse...

Olá querida Cida!!
Casa é aquele cantinho onde está o nosso coração, ou deixamos as nossas raizes....
Quando a casa esta como no texto, sinal de que a vida transborda por todos os poros...
A foto é linda também viu!!
Abração é ótimo final de semana!!!!

Ly Mello disse...

Nossa, mas amei demais esse texto! Eu não conhecia e agora salvei no PC. E fico feliz por ter uma casa cheia de vida!

Beijocas e um lindo final de semana.

Cissa Romeu disse...

Cida, minha querida amiga!
(posso te chamar de amiga?) rsrs
Depois, com calma, apenas quero saber o dia do teu aniversário! Me responde, tá bom? Quero guardar no meu "caderninho" para pessoas especiais!
Setembro é um mês lindo mesmo!
Espero que noticies a chegada do maninho da Bruna para ficarmos sabendo também!
Beijos e ótimo fim de semana!

Anne Lieri disse...

Cida,muito lindo seu blog!Passei para agradecer seu carinho na entrevista da Chica e já me encantei com essa bela msg!Casa tem mesmo que ter vida,senão não é casa, é uma prisão empoada!...rss...bjs,

Evanir disse...

Nem somando todas as minhas dúvidas e incertezas
não deixarei de seguir sempre em frente.
Não é duvidas que trago no meu coração,
mais uma convicção de que vencerei todos os obstaculos
que hoje paresse não ter fim.
Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem
perder o que temos de melhor em nós a fé
,,bem maior que temos em nossas vidas.
E isso não vou perder nunca.
Hoje só quero deixar muito amor e carinho
pois você mereçe tudo de bom
nessa vida.
Estarei aqui sempre que Deus me permitir
você tem contribuido para que
a cada dia me sinta mais forte.
Creio posso viver melhor
e muito mais feliz com seu carinho.
Deus abençoe seu final de semana beijos no coração,Evanir.
Muita paz no coração.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Se queremos progredir, não devemos repetir a história,
mas fazer uma história nova.(Mahatma Ghandhi)

ONG ALERTA disse...

Cheiro de amor...beijo Lisette.

Giovanna disse...

belo texto do Drumond, tão verdadeiro... casa é um lugar onde nos sentimos bem, confortável, onde é o nosso refúgio, nosso ninho... tão bom chegar em casa, colocar os pés pra cima...mas eu gosto das coisas meia que organizadas, sem sujeira, mas com a presença de uso constante...nos da cultura japonesa temos certos rituais... não se anda de sapatos dentro de casa, portanto não se vê sapatos espalhados pela casa...não existem entulhos de móveis, somente os essenciais... minha casa é grande, há muitas salas vazias... ainda!!! a biblioteca, ou o guardas livros, quando entramos, parecem que eles se jogam das prateleiras, são todos animados...ah e outra coisa, não existe empregada doméstica no Japão, então desde crianças somos ensinados a cuidar do seu espaço.. senão imagina, coitada da nossa mãe,,, ah.. coitada de mim... mas minha casa é um lugar alegre, onde todos brincam , dançam, falam alto arrumam as coisas e depois descansam...
eu tenho uma amiga (ela é brasileira descendente de japones) sua casa é um luxo, mas quando ela me convida para ir a sua casa, tenho até receio de sentar no sofá... certa vez, acho que foi a última...fui a sua casa, ela me deu um suco de açai e eu distraidamente derrubei em cima de mim, mas acabou caindo na cadeira... branca, passei a tarde toda tentando tirar a mancha...saiu um pouco, mas nunca mais fui convidada para ir a sua casa... seus filhos nem conseguem respirar, porque ela está sempre com um pano para limpar o que está comendo ou bebendo... um stress.. casa sem vida...prefiro ficar na minha... bjs calorosos Cida e um lindo sabado, Gio

Pitanga Doce disse...

Como sempre, Drummond está certísimo. Tudo no lugar, feito foto de revista, é sinal de pouco uso.

Boa tarde Cida.

cidinha disse...

Olá amiga Cida, passe no blog e leve com vc um selinho que estou te oferecendo, bjss pra vc!

C. disse...

Casa sem bagunça parece museu, amiga, que nao pode ser tocado, e tem que ser resguardado para posteridade auhauahauh

Muito bom esse texto,
eu que adoro a minha casa, nao poderia fazê-la um museu, já que "vivo" nela, apenas procuro manter arrumadinha pra me sentir bem e confortável, e quando vem visita também :)

Beijos!!