terça-feira, 7 de junho de 2011


O voo até a lua não é tão longe.
As distâncias maiores que devemos percorrer estão dentro de nós mesmos.

( Charles de Gaulle )

15 comentários:

Bergilde Croce disse...

Um lindo pensamento com imagens também adequadas ao seu conteúdo,muito bom!
Abraço carinhoso pra você!

Constantino, Guardador de Vacas disse...

Eu acho que ira até à lua, é já ali :) :)
Na verdade, quando escrevo poesia tenho muitas vezes a lua nos meus sonhos :)

Zélia Guardiano disse...

Verdade irrefutável, minha querida Cida!
Pensamento maravilhoso!
Imagens simplesmente encantadoras!
Abraço bem apertado e todo recheado de carinho e admiração...

João Menéres disse...

E essas viagens por dentro de nós não são realmente muito fáceis...


Um beijo, CIDA.

Felismina disse...

Uma grande verdade amiga, beijinhos e boa semana!!

✿ chica disse...

Espetáculo isso! beijos,lindo dia,chica

Mariazita disse...

Boa tarde, amiga
Muito certo esse pensamento do De Gaulle.
Como não tive hipótese de vir cá no domingo fui hoje espreitar o post, e adorei as suas respostas.
Tenho uma série de selinhos com desafios para publicar; entre eles um tem estas perguntas.
Tenho que me decidir um dia destes a publicá-los... :)

Semana feliz. Beijinhos

Paloma disse...

CIDA, em outro sentido, é comum ficar ¨no mundo da lua¨.

Beijos,lunáticos.

claudiafux@bol.com.br disse...

Lindas imagens para um lindo pensamento.
Como sempre, nota 10 pra vc!

Bjao no core
claudiafux

claudiafux@bol.com.br disse...

A propósito ...
"Por que as pessoas gritam?


"Um dia, um pensador indiano fez a seguinte pergunta a seus discípulos:

Por que as pessoas gritam quando estão aborrecidas?

Gritamos porque perdemos a calma, disse um deles.

Mas, por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado? , questionou novamente o pensador.

Bem, gritamos porque desejamos que a outra pessoa nos ouvisse, retrucou outro discípulo.

E o mestre volta a perguntar:

Então não é possível falar-lhe em voz baixa?

Várias outras respostas surgiram, mas nenhuma convenceu o pensador.

Então ele esclareceu:

Vocês sabem por que se grita com uma pessoa quando se está aborrecido? O fato é que, quando duas pessoas estão aborrecidas, seus corações se afastam muito. Para cobrir esta distância precisam gritar para poderem escutar-se mutuamente. Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão que gritar para ouvir um ao outro, através da grande distância. Por outro lado, o que sucede quando duas pessoas estão enamoradas? Elas não gritam. Falam suavemente. E por quê? Porque seus corações estão muito perto. A distância entre elas é pequena. Às vezes estão tão próximos seus corações, que nem falam, somente sussurram. E quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer sussurrar, apenas se olham, e basta. Seus corações se entendem. É isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas.

Por fim, o pensador conclui, dizendo:

Quando vocês discutirem, não deixem que seus corações se afastem, não digam palavras que os distanciem mais, pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta."


Mahatma Gandhi


Que todos seus gritos sejam sempre apenas de alegria!

Uma semana cheia de sussurros..."

Cida disse...

Lindo demais, Cláudia.

Obrigada, amiga, pelo presente.

Smareis disse...

Lindooo! Dá pra ir a lua em vôos rápido, é só ler ou escrever poema que chegaremos lá, a poemas que nós leva a lua, e outros lugares distante... Adorei querida! Um abraço!

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Querida amiga a vida tem destas coisas, é quase como a noite e o dia, o dia espalha, e, a noite junta, assim somos nos o ser humano, sempre com as nossas vidas sempre dispersas já quase nem temos tempo de visitar os nossos amigos.Hoje ando por aqui a dar uma lavagem ao blogue e vou encontrando lindos comentários de pessoas que um dia aqui passaram, e, me deixaram pedacinhos das suas almas. Só quero que Deus os tenha todos bem de saúde, já que eu nem por isso, mas enquanto houver vida sempre haverá de se tem uma linda lembrança.
Beijinhos de paz e muita luz em sua vida.

Joana disse...

Amei a frase. Vou guarda-la no meu caderno :P

Beijinhos

Aninha Zocchio disse...

A distância até a Lua?? Não sei...
só sei que ela fica toda cheia quando o Sol se aproxima... feito eu e o Hélio (SOL)... rsrsrs
A lua também aproxima os amores que estão distantes, os entes queridos que estão ausentes.. é só olhar ao mesmo tempo e lembrar com carinho dos nossos afetos...