domingo, 20 de novembro de 2011

Um Sonho

UM SONHO

Eu tive um sonho esta noite que não quero esquecer,
por isso o escrevo tal qual se deu:
era que me arrumava pra uma festa onde eu ia falar.
O meu cabelo limpo refletia vermelhos,
o meu vestido era num tom de azul, cheio de panos, lindo,
o meu corpo era jovem, as minhas pernas gostavam
do contato da seda. Falava-se, ria-se, preparava-se.
Todo movimento era de espera e aguardos, sendo
que depois de vestida, vesti por cima um casaco
e colhi do próprio sonho, pois de parte alguma
eu a vira brotar, uma sempre viva amarela,
que me encantou por seu miolo azul, um azul
de céu limpo sem as reverberações, de um azul
sem o "z", que o "z" nesta palavra tisna.
Não digo azul, digo bleu, a ideia exata
de sua macies. Pus a flor no casaco
que só para isto existiu, assim como o sonho inteiro.
Eu sonhei uma cor.
Agora, sei.

( Adélia Prado, em Bagagem )

20 comentários:

Giovanna disse...

Que presente lindo vc nos deu com a publicação de poemas de Adélia Prado, amo seu estilo próprio, ela escreve o que sente, entre as alegrias e tristezas,, aguça suas sensibilidade, em fé e seu lado maternal... uma determinada época ganhei de um amigo brasileiro o livro Bagagem e o ano passado ganhei o mais novo lançamento de Adélia... A duração do dia!,muito bom, e vale a pena conhecer...
e aliás ela é de Minas Gerais...
Arigatou pelos lindo poema e que vc tenha sonhos reais e coloridos.

Abraços
Giovanna

✿ chica disse...

Simplesmente lindo!!!Adorei! beijos,ótimo domingo,chica

Meus trabalhos em Mosaico disse...

Bom Dia, Bom Domingo, espero que esteja tudo bem com vc...Lindo sonho, meio confuso.Acho que terei qu ler mais uma vez para entender. Um grande beijo.

Aninha Zocchio disse...

Bom dia Querida amiga!!
Sonhou com a cor da alma jovem que resolveu sair vestida com um casaco e uma linda flor enfeitado a roupa dela!!
Beijinhos, ótimo domingo!!!

Jorge Pimenta disse...

os sonhos são a própria memória, porque resistem à deceção e à rotina. por isso têm uma longevidade ainda maior do que as próprias realizações...
um beijinho em tons azul para um ótimo domingo, querid@ amig@!

Paloma disse...

CIDA, fico pensando quantas coisas boas nos aparecem nos sonhos e,melhor ainda, quando pessoas que amamos se tornam presentes durante o sono, em sonhos lindos. E,quando acordamos, desejamos que tudo tivesse sido realidade.

Beijos

Juan Pardo disse...

Original e interesante blog.T sigo.T invito a seguir el mío.Saludos poéticos.

Cidinha disse...

Olá Cida. Lindo post! Um sonho assim não é para esquecer... Adorei! Olha: Tem uma brincadeira lá blog. Fique a vontade para aceitála1 Bjos e todo carinho sempre. Exelente semana pra vc!

。♥ Smareis ♥。 disse...

Encantador Cida, sonhos que fica na memória.Ótima semana cheia de coisas especiais e muitas energias positivas nos seus dias. Beijos grande!

Luna Sanchez disse...

E só poderia ter sido essa cor, a mais bela.

Lindo isso!

Beijos, querida Cida.

Nallyson Oliveira disse...

Cara Cida. Muito obrigado pela visita. Cresci ouvindo as pessoas falarem o dito que diz: "Nem Jesus Cristo agradou a todos", mas, nunca tinha feito essa ligação comigo. É verdade, vou seguir seu conselho, quando você diz pra mudar a mim mesmo e não o que os outros pensam ao meu respeito. Na verdade por muito tempo, pra não dizer a vida toda, eu vivi em função de mudar de acordo como os outros queriam que eu mudasse e isso tem me feito infeliz e frustrado quando me sinto confrontado com minhas próprias vontades e percepções da minha própria vida e do mundo e das pessoas que vivem nele. Não custa nada tentar. - Ah! Em relação ao blogger eu também já notei que ele anda meio estranho. Não sei se devido as mudanças do perfil e layout dele, mas, quando ele voltar ao normal, você me segue de novo.
Um Abraço e até mais...

RSM disse...

Querida amiga,

passei por cá para desejar uma boa semana para si e deparei-me com este "Sonho" de Adélia Prado, este blog prima pelo bom gosto da sua autora.

Beijinho e aquele abraço só nosso!

Pitanga Doce disse...

O AZUL é uma unanimidade e hoje ele está aqui no céu do Rio. Aí também?

Boa tarde Cida.

Cecília Romeu disse...

Cida, Cidinha!
Ai os sonhos, nada mais são do que realidades que não se tocam.
Em azul? Melhor ainda, ainda intocáveis, mas com jeitinho de Céu!

Beijinhos Cida, para ti e turminha linda!

AVOGI disse...

I have a deam
sonhei que me saía a lotaria e ia atravessar o atlântico ter com a minha vizinha da frente, e juntas iamso rir e deixar as energias negativas de lado
kis .=)

Maria Luiza disse...

Um sonho deste deve ser escrito mesmo para nunca se esquecer.
Sonhar quando se é jovem e sentir emoções já vividas tem que ser em tom de azul, lindo!
Beijos e tenha uma semana azul!

Giovanna disse...

Oi Cida, voltei para agradecer sua visita no blog e que linda homenagem seu filho te presentear com um livro de Adélia autografado.

Ricos momentos e eternas lembranças.
Abraços
Giovanna

Bergilde disse...

Cida,
Sei bem que o acaso não existe e nos blogs amigos que estou visitando,incluso o seu,tenho encontrado sempre algo com que me identifico nesse período.Sobre o poema é lindo e revela muito bem a imagem dessa grande mulher que além de mãe soube demonstrar o ser intelectual como um exemplo pras futuras gerações.Grata por conosco partilhar!

Espaço do João disse...

Querida amig@.

Que coincidência? Eu também tive um sonho. Pesadelo. Sonhei que hoje estava um dia alegre, que ia tratar das minhas flores e, acordei com um dia gélico, chuvoso e, ventoso. Não dava para estar na rua. Então como muito tempo tem passado sem visitar os meus amigos, resolvi passar a tarde em frente à tela. Não perdi nada, revivi momentos imperdíveis.
Espero voltar.
Um beijo de amizade.

Giovana Schneider disse...

Que lindo sonho,que lindo poema , que linda partilha.

ABRAÇO CARINHOSO E FRATERNAL ...

GIOVANA