segunda-feira, 21 de junho de 2010


Mesmo que a rota da minha vida me conduza a uma estrela, nem por isso fui dispensado de percorrer os caminhos do mundo.
( José Saramago )

3 comentários:

Lita disse...

José Saramago... fica a saudade... fica a esperança de "Até um dia"... um homem brilhante, de ideias que levou a língua Portuguesa onde mais ninguém levou! Acabou hoje o luto nacional aqui em portugal, mas não nos corações de quem amava lê-lo!

Beijos Cida e obrigada pela partilha!

Lita

Zélia Guardiano disse...

Pensamento espetacular!
De seguir por caminhos pedregosos, ninguém está isento. Nem mesmo ele estave, a despeito da inteligência, do talento, da glória...
Beijos, amiga Cida

Thabata Freitas disse...

Cida, sempre leio seu blog e eu acho um máximo huhuhuhu!!!!

Parabéns mesmo... enfim crie coragem de comentar né.

Obrigada pelas palavras.

Bjs

Thabata Freitas