segunda-feira, 7 de junho de 2010



Introjetamos tanto o paradigma do crescimento sem limite, que nos custa considerar a possibilidade de deter-nos em patamares humanos suficientes.
Já se manifestam reações que tentam frear a loucura de um avanço tecnológico cego e sem ética.
A "lei da bicicleta" atua em muitos lugares: para não cair, deve-se estar sempre em movimento.
Esquece-se que o repouso faz parte da vida humana, não como simples pausa para, no dia seguinte, mergulhar ainda mais na voragem produtiva, mas como momento de silêncio, de contemplação, de meditação sobre a vida.
O movimento ecológico tem sido o freio maior. Ele tem acionado o Judiciário e criado grupo de advogados que zelam pela vida humana, exigindo indenizações pesadas de empresas inescrupulosas que poluem a natureza ou arriscam a vida humana com drogas não seguras.
Pedagogos têm reagido à invasão da tecnologia eletrônica nas escolas, a qual acarreta às crianças várias consequências negativas em termos de leitura, de capacidade de reflexão, de exercício do pensar.
Os alunos, sobretudo os menores, necessitam da presença física do educador, a qual não pode ser substituída por nenhum vídeo.
É urgente que estabeleçamos um critério de vida simples, humana, convivial, como guia maior da nossa existência.
( J. B. Libanio )

8 comentários:

Manifesto Interno disse...

Que lindas imagens, Cida!
E um texto ecologicamente correto,
parece repetitivo, mas é preciso ser, precisamos de muito mais pessoas defendendo o que é vital para nós,
que sua voz, a do escritor Libanio e tantas outras façam eco nos corações,

Bjs e linda semana para vc!

Ester.~

Chica disse...

Maravilha de mensagem e imagens lindíssimas que remetem à simplicidade da vida!beijos,chica

jefhcardoso disse...

As imagens estão lindas, perfeitas para uma vida simples e feliz, assim como o texto. Não podemos deixar a simplicidade de lado.
Boa semana.
Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

Regina Coeli disse...

Ei Cida,
A frase final do Libânio encerra toda sabedoria do texto...
Obrigada por compartilhar!!
Se cada um de nós fizer sua parte ainda há tempo de melhorar a qualidade de vida em nosso Planeta.
Beijiho carinhoso.
Regina Coeli

Lianara **Lia** disse...

Perfeito, Cida!!

A qualidade de vida passa longe dos avanços tecnológicos!

Beijos

Lia
Blog Reticências...

Mariazita disse...

Olá, Cida
Gostei muito do texto.
A verdade é que, aos poucos, fomos dando mais importância ao TER do que ao SER, e chegamos a um ponto insustenável.
É urgente voltar a uma vida mais simples, com mais tempo para meditar nos valores que realmente importam.
Assim construiremos um mundo melhor.

As imagens são lindíssimas, bem de acordo com o texto.

Boa semana. Beijinhos

PS - Muito obrigada pelo seu comentário, de que gostei imenso.
+ 1 besito.

Naty e Carlos disse...

Você me faz feliz mesmo quando a vida me faz triste.
Bjs

Zélia Guardiano disse...

Amiga Cida,
Maravilhosas ilustrações e texto importantíssimo!
A necessidade do limite tem de ser levado em consifderação, sempre!
A humanidade anda mesmo desenfreada e, se não pararmos para reflexão,a vida ficará inviável neste planeta.
Como professora que sou(lecionei por quarenta anos...),quero dar-lhe parabéns por tão feliz escolha!
Um grande abraço, minha querida!
Beijinhos