terça-feira, 29 de setembro de 2009

Gosto quando te calas

Gosto quando te calas porque estás como ausente,
e me ouves de longe, minha voz não te toca.
Parece que os olhos tivessem de ti voado
e parece que um beijo te fechara a boca...

( Pablo Neruda )

2 comentários:

beth disse...

ola Cida... nossa adoro as coisas q voce escreve... bjs e td de bom!!!

Cida disse...

Obrigada amiga. É por isso que eu me sinto sempre motivada a procurar coisas bonitas para postar aqui. Tudo de bom prá você também e fique com Deus.